A "Vida" existente neste livro pode mudar a sua trajetória com Deus.

A "Vida" existente neste livro pode mudar a sua trajetória com Deus.
Você pode adquirir o livro pelo tel:021-7606-6263 ou e.mail:estrutura.religare@hotmail.com

A unção de Deus em nossa vida faz a diferença.

1 comentários - Post a comment

A Graça e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo meus queridos.


O texto que vamos compartilhar desta vez é o primeiro que pela Graça e Misericórdia de Jesus que escrevo como pastor. Espero sinceramente que ele edifique sua vida, seja você um cristão ou alguém "que ainda" não entendeu que Jesus é Salvador e precisa ser reconhecido como tal.
Se você ficou curioso com a expressão "que ainda", cabe uma explicação ou, melhor dizendo, uma confissão: "Você caiu em uma armadilha". Mas não fique preocupado, não estou falando de vírus que contaminam os computadores, estou me referindo a uma "armadilha de Deus"que visa seqüestrar você de uma vida triste para uma vida de justiça, paz, e alegria no Espírito Santo.

Este Blog é uma armadilha de Deus em Cristo Jesus.

Mas vamos começar de fato e de direito nosso texto citando dois versículos Bíblicos do Livro de 1 Samuel : Sm 16.13, 23, que dizem assim:

"Tomou Samuel o chifre do azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Ramá".

"E sucedia que, quando o espírito maligno, da parte de Deus, vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa e a dedilhava; então, Saul sentia alívio e se achava melhor, e o espírito maligno se retirava dele"

No dia dez de Novembro de 2007 nossa Igreja foi ao monte de Amendoeira, em São Gonçalo, não por acreditar que o monte faz mágica, mas para ter um momento de maior liberdade na busca da face de Deus.
Foi a primeira vez que fomos ao monte como Igreja e tivemos a felicidade de sair de lá com um único sentimento: Os nossos corações ficaram alegres e na saída ficamos com um gostinho de quero mais.
Uma das irmãs que nos acompanhou usou a seguinte frase para descrever esta experiência, que no caso dela foi a primeira vez:

"Este (o monte) é o cantinho que eu estava precisando".

Quem sabe também não é o cantinho que você está precisando?
Se você se convenceu que buscar a face de Deus é benção em sua vida, venha conosco no mês de dezembro. A Igreja decidiu que a cada início de mês estará repetindo esta experiência, e aproveitamos este espaço para convida-lo a estar conosco, seja qual for sua denominação.

A pastora Flávia nos trouxe no monte uma reflexão sobre as promessas de Deus e sua fidelidade, e eu, conversando com o Espírito, resolvi falar sobre os dois versículos registrados no início deste texto.
Deus havia colocado em meu coração que era necessário despertar a Igreja para a diferença que faz a unção na vida de uma pessoa. Davi ao ser cheio do Espírito no versículo treze, recebeu uma unção tal que ao dedilhar sua arpa, o espírito maligno abandonava Saul e esse se sentia aliviado.
Você já parou para pensar quantas pessoas estão precisando se sentir aliviadas?
Independente do que alguns autores comentam a respeito deste texto, se era espírito maligno ou uma esquizofrenia, o que nos interessa é que quando Davi dedilhava a sua harpa, a unção que estava na sua vida trazia alívio a dor de outro ser humano seja pela cura ou pela libertação.

Após esta colocação, pedi para Igreja meditar sobre o quanto nós, como corpo de Cristo, podemos influenciar na vida das pessoas que estão ao nosso redor e também na nossa sociedade se estivermos cheio da unção de Deus.Pare e pense nisso, você pode fazer a diferença nesse mundo se tiver a unção de Deus.
Por isso era importante estarmos ali no monte, para que ficasse claro à Deus (força de expressão) que nós queremos mais de sua face, porque Ele é Deus e é o dono da Unção.

Queridos amigos, nós sabemos que tudo é pela Graça inclusive a unção de Deus, mas pense bem em duas situações:

a)Para que Ele vai derramar unção sobre quem não vai fazer nada com ela?

b)Por que Ele derramaria mais e mais sobre alguém que não demonstra de maneira nenhuma que se importa em fazer a diferença?


O que nós fizemos no Sábado foi dizer para Jesus:

"Olha Senhor, sabemos que é Graça, mas queremos mostrar ao Senhor que nós queremos tua unção para um propósito específico: expandir teu Reino na terra e destruir as obras de satanás, como fez Davi, seja com harpa, violão, nossa voz, nossa presença, seja com que instrumentos (armas) o Senhor queira nos capacitar.Jesus, no dá a funda de que Tu destes a Davi."

Encerrando, registro que isto aconteceu no sábado de manhã e a noite foi realizada a minha consagração e da Flávia como Pastores da Igreja Ministério Religare.
O nosso querido "Pastor ungido" que nos consagrou nesta noite, estava tão cheio dá unção de Deus que seria "desmerecer" o momento da consagração chamando-o de "cerimônia", visto que essa palavra nos traz à mente a idéia de alguma coisa programada. Apesar de toda leitura e formalidade, a unção que estava nele (é evidente que isso é para a Glória de Deus ) fez tudo ter vida.

As palavras tinham vida, os gestos também, tudo parecia ter a presença de Deus.
Além desta noite de sábado, só senti algo parecido em uma outra ocasião - na noite do meu casamento com a Pastora Flávia.

Já estou encerrando, mas como tenho um compromisso com o Espírito de fazer você sair desta leitura imbuido de "verdade" em buscar a unção de Deus para sua vida, vou te contar uma pequena história.

Quando nosso querido Pastor colocou a mão sobre minha cabeça, na hora da consagração, eu pude perceber a unção de forma muito nítida em meu corpo e no meu espírito.
Eu já havia recebido o dom de línguas há oito anos atrás, mas no momento da consagração falei uma língua bem diferente. O que achei mais interessante é que ela brotava do meu interior como se estivesse emergindo do mais profundo do meu ser e eu conseguia perceber isso, parecia um recipiente que vai se enchendo e Deus nesta hora me lembrou do poço de água da minha infância.

Você já bebeu água de poço?

Na rua onde fui criado, na cidade de São Gonçalo, faltava muita água.
Todos os moradores sofriam muito com isso. Eu devia ter, nessa época, uns cinco ou seis anos e lembro bem desta época porque logo depois minha mãe faleceu.
A minha mãe era uma pessoa muito ativa e acabou descobrindo que no início da rua ,entre a calçada e o terreno de um vizinho, havia um poço abandonado e entulhado.
Ao saber disto, ela não pensou duas vezes, me pegou pela mão, chamou meu irmão que era mais velho do que eu seis anos e também alguns vizinhos interessados na situação da água e fomos todos conversar com o proprietário do terreno. Ele de prontidão nos autorizou a colocar o poço na ativa e lá fomos todos nós retirar os entulhos que enchiam o poço até a sua "boca". Começamos a operação "limpa poço" e quando chegamos ao fundo, que não era muito profundo, havia uma rocha natural que funcionava mais ou menos como um piso do poço. Esperamos algum tempo, mas a água não brotava. Foi ai que alguém teve a idéia de raspar as fendas da rocha que funcionava como piso, para retirar a terra ou alguma coisa que estivesse impedindo o fluir das águas.
Como eu era o menor do grupo, me prontifiquei a descer e fazer esse trabalho. Minha sugestão foi bem aceita, até porque seria necessário se abaixar no fundo o que para os outros seria complicado, já que o poço era estreito.
Me desceram até o fundo e com uma espécie de faca fui limpando as fendas e retirando a terra acumulada. Após várias tentativas, percebi que das fendas começava a brotar uma água bem clarinha. Interessante é que meus dedinhos ainda estavam na fenda quando a água começou a brotar entre os meus dedos, apesar da pouca idade, tive o sentimento que ela vinha do interior da rocha.

Sabe a língua nova que eu falei? Creio que ela, como a água, estava no profundo do meu espírito e só precisava de unção para remover o impedimento e ela vir a tona.
Creio que em você tem muito coisa boa para vir a tona e só está dependendo da unção de Deus sobre sua vida, creio também que têm muita gente no seu caminho precisando que os "seus dedinhos", cheios de unção, retire os entulhos que estão obstruindo elas de enxergarem a Deus.
Seja como Davi, seja alguém cheio da Unção.

Pastor Paulo Cesar Nogueira
Marido da Pastora Flávia e Pai do Caio

 
This Post has 1 Comment Add your own!
Tamiris Vila Nova - 16 de novembro de 2007 22:54

Oi meus amados...
Estou muito feliz em visitar blog e ver quanta coisa boa vocês estão fazendo!!! morro de saudades de cada momentos com vocês!!!
mil beijos de sua filha em Cristo Tamiris

Postar um comentário